O Terceiro Olho

12 05 2009

nogod

Peter Rollins discutiu em uma de suas palestras para a igreja sobre “o gesto irônico e fetichista da igreja”. Rollins diz que o problema com a missão da igreja e que nós tentamos trazer as pessoas para os nossos edifícios, apresentamos a elas um modo de encontrar Jesus através da figura de um pastor ou de um líder. Ele lembrou que o ser humano é a melhor experiência para um triângulo. Precisando sempre de um terceiro (alguém ou alguma coisa) para fazer parte das nossas fantasias / desejos / experiências.

A pessoa + Deus (Ponto) + Pessoas [Pastor/Lideres/Membros]

Ele contou uma historia de dois sobreviventes de um naufrágio que foram parar em uma ilha deserta. Depois de muitos meses, eles começaram a ser tornar mais íntimos, até porque eles eram as únicas pessoas naquela ilha. Finalmente, eles tiveram uma bela “noite juntos”. Na manhã seguinte o cara parecia muito chateado e a menina perguntou o que estava errado, o cara não conseguia explicar. Então ele teve uma idéia. Ele pediu para aquela menina colocar uma peruca e um bigode e se encontrar com ele debaixo de umaáarvore que os dois conheciam. Ela achou estranho mas foi. Quando ela parecendo um homem encontrou aquele cara mais tarde, o cara disse, “Hey amigo, você nunca vai adivinhar com quem eu fiz sexo na noite passada!” Essa história mostra que muitas vezes só desfrutamos o prazer quando é compartilhado com os outros. Hoje muitos estão fazendo isso, pelo Twitter, Orkut, Facebook, um bom exemplo dessa triangulação. Estamos tendo prazer de compartilhar alguns aspectos da nossa vida para outras pessoas.

Muitas vezes Deus não participa dessa triangulação na vida de muitos cristãos. O lugar e espaço é de Deus, mas nós pedimos “Deus não participe dessa conversa agora por favor”. Rollins diz: “Queremos dar o lugar de Deus para outras pessoas, para que possamos ser colocados em destaque, em projeção, além de manter-nos dentro de algumas questões de outras pessoas”.

Esse é um ponto Ryan Bell disserta sobre Bonhoeffer:

Bonhoeffer em seu tempo fez algumas observações de como Deus estava sempre esperando, e cada vez com menos poder, reduzido a uma idéia, simplesmente uma explicação que não podemos explicar. Precisamos de Deus para nos ajudar a enfrentar essa vida sem sentido, todos nós vivemos e vamos morrer, nós viemos do nada e vamos retornar para o nada. Então, Deus é empurrado para as margens, não só das nossas vidas, mas também da sociedade, até o ponto em que Deus não tenha mais poder sobre nada.

O que tem acontecido é que as pessoas que vão para a igreja para procurar segurança, estão encontrando em formas substitutas através de rituais, pastores e dogmas. Tudo isso está tornando tomando o lugar de Deus no triângulo. Elas acreditam apenas no domingo quando têm o pastor, o dogma e a igreja, mas durante a semana custam a acreditar na força de Deus.

Como colocar Deus no lugar correto? Como não substituir Deus? Você tem a resposta?

Fonte: Solomon

Anúncios

Ações

Information

One response

16 05 2009
thais

Oi casal lindo 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: